Adilson Mariano

De Memória CVJ
Ir para navegação Ir para pesquisar
Adilson Mariano
Adilson Mariano (1).JPG
Foto: Arquivo CVJ
Partido(s) PT e PSOL
Legislaturas 14ª, 15ª, 16ª e 17ª

Em Joinville, Adilson Mariano foi vereador da 14ª, 15ª, 16ª e 17ª Legislatura pós-Era Vargas.

Posse de Mariano em 2005.

Vereador

  • 14ª Legislatura (2001-2004): No ano 2000, Mariano foi o 11º vereador mais votado em Joinville ao fazer, pelo PT, 2.927 votos (1,27% dos votos válidos).[1]
  • 15ª Legislatura (2005-2008): Reeleito em 2004, pelo PT, Mariano fez 2.826 votos (1,09% dos votos válidos), sendo o 24º vereador mais votado em Joinville.[1]
  • 16ª Legislatura (2009-2012): Em 2008, Mariano voltou pela terceira vez à Câmara, ao ser eleito pelo PT, com a expressiva votação de 5.574 votos (1,99% dos votos válidos), sendo o 2º vereador mais votado em Joinville.[1] EM 2009, procurando se dedicar à candidatura à presidente estadual do PT, Mariano licenciou-se a partir de 1º de outubro de 2009, por quase dois meses cedendo vaga ao suplente Moacir Nazário.
  • 17ª Legislatura (2013-2016): Mariano conquistou o cargo de vereador pela quarta última vez, ao ser eleito por quociente partidário, em 2012. Pelo PT, ele fez 3.405 votos (1,17% dos votos válidos), sendo o 14º vereador mais votado em Joinville.[1] Nessa legislatura ele integrou a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciências e Tecnologia, a Comissão de Economia, Agricultura, Indústria, Comércio e Turismo, [2] a Comissão de Participação Popular e Cidadania[3] e a Comissão Especial das Águas.[4] Descontente com o PT, Mariano se filiou ao PSOL no decorrer dessa legislatura. O PT lutou na justiça pela posse do mandato. Na decisão, quatro dos sete juízes votaram à favor de Mariano, que disse que sempre defendeu as causas dos trabalhadores, e entendia que foi o partido que mudou de ideologia, não ele.[5]

Eleições Perdidas

  • 1992 - Suplente - PT - 411 votos (0,23% dos votos válidos).[1]
  • 1996 - Suplente - PT - 1.077 votos (1,17% dos votos válidos).[1]
  • 2016 - Suplente - PSOL - 2.255 votos (0,77% dos votos válidos).[1]

Outros Mandatos

Deputado Estadual

Eleições Perdidas

  • 2010 - Suplente - PT - 17.953 votos (0,51% dos votos válidos).[1] O registro da candidatura de Mariano precisou passar por um julgamento no pleno do TRE, em 2010. Em 2003, Mariano havia participado de protestos contra o reajuste do transporte coletivo urbano. Processado e condenado, Mariano teve uma notícia de inelegibilidade em seu registro, por causa da Lei da Ficha Limpa. Seu advogado argumentou perante os juízes que Mariano não se enquadrava em tal lei e portanto era elegível, já que a lei da Ficha Limpa não abrangia penas abaixo de dois anos, de menor poder ofensivo.[6]

Deputado Federal

Eleições Perdidas

  • 2014 - Suplente - PT - 15.928 votos (0,47% dos votos válidos).[1]
  • 2018 - Não Eleito - PSOL - 6.822 votos (0,19% dos votos válidos).[1]

Informações Biográficas

Adilson Mariano nasceu em 13 de maio de 1970 e é natural de Ituporanga, SC. Ele é formado em história pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE) e trabalhou durante 13 anos na Metalúrgica Duque. Em 1995, Mariano foi eleito vice-presidente da FAMJO, Federação das Associações de Moradores de Joinville. Ele foi coordenador paroquial de Pastoral da Paróquia Senhor Bom Jesus do bairro Aventureiro por dois mandatos: 1998-2000 e 2000-2002. No movimento sindical destacou-se como diretor do Sindicato dos Trabalhadores Mecânicos de Joinville, no período de 1989 a 1997.

Vereadores da 14ª Legislatura
Ademir Vicente MachadoAdilson MarianoAgostinho Rausis da RosaCarmelina BarjonaKennedy NunesDarci de MatosGiovanni GonçalvesGilmar Medeiros FerreiraHeliete Steingräber da SilvaJaime EvaristoJoão Gaspar RosaJosé CardozoJoão Luiz Sdrigotti Manoel Francisco BentoMarcos AurélioMaria Andreis CadorinMaurício PeixerNelson Quirino de SouzaRoberto BisoniWilson VieiraZulmar Valverde
Vereadores da 15ª Legislatura
Adilson MarianoAntonio Sebastião LennertCarmelina BarjonaDalila Rosa LealDarci de MatosFábio DalonsoJaime EvaristoJoão Gaspar RosaJoão Luiz SdrigottiJoaquim Alves dos SantosJosé CardozoJucélio Pasqual GirardiLauro KalfelsLuiz BiniManoel Francisco BentoMarco Aurélio MarcucciMarcos FernandesMaurício PeixerNelson Quirino de SouzaNilton Eduardo SantosOdir Nunes da SilvaOsmari FritzSandro Daumiro da SilvaTania EberhardtZulmar Valverde
Vereadores da 16ª Legislatura
Adilson MarianoAilton Budal ArinsAlodir Alves CristoBelini MeurerDalila Rosa LealJaime EvaristoIrineu SgrottJames SchroederJoão RinaldiJoaquim Alves dos SantosJosé CardozoJosé Ademir NeghebornJuarez Nicasio PereiraJucélio Pasqual GirardiLauro KalfelsLéia Hostim RochaManoel Francisco BentoMarcos FernandesMaurício PeixerMoacir Batista NazárioOdir Nunes da SilvaOsmari FritzPatrício DestroRoberto BisoniSandro Daumiro da SilvaSidney SabelTania EberhardtZilnete Nunes
Vereadores da 17ª Legislatura
Adilson MarianoArnoldo Aldir PrebiancaCláudio AragãoDorval PrettiFábio DalonsoHercílio RohrbacherJames SchroederJaime EvaristoJoão Carlos GonçalvesJoão Luiz SdrigottiJoaquim Alves dos SantosLéia Hostim RochaLevi RioschiLioilson CorrêaMarcos Aurélio FernandesMaycon CesarMaurício PeixerMauricinho SoaresManoel Francisco BentoOdir Nunes da SilvaPatrício DestroRodrigo FachiniRodrigo ThomaziRoberto BisoniSidney SabelZilnety Nunes




Pesquisador: Patrik Roger Pinheiro - Historiador | Registro Profissional 181/SC

Como Citar
Referência

PINHEIRO, Patrik Roger. Biografia de Adilson Mariano. Memória CVJ, 2024. Disponível em: <https://memoria.camara.joinville.br/index.php?title=Adilson_Mariano>. Acesso em: 24 de abril de 2024.

Citação com autor incluído no texto

PINHEIRO (2024)

Citação com autor não incluído no texto

(PINHEIRO, 2024)

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 1,7 1,8 1,9 Sistema de Histórico de Eleições, do TRE-SC
  2. Ato da Presidência nº 1/2013, disponível em http://leismunicipa.is/rkibe. Visitado em 15/02/2022
  3. Ato da Presidência nº 19/2015, disponível em http://leismunicipa.is/ambuf. Visitado em 15/02/2022
  4. Ato da Presidência nº 24/2015, disponível em http://leismunicipa.is/ajmnu. Visitado em 15/02/2022
  5. CVJ. Vereadores comentam absolvição na tribuna. Site:https://camara.joinville.br/vereadores-comentam-absolvicao-na-tribuna/. Visitado em 17/02/2022
  6. TRE Autoriza Registro de Adilson Mariano. A Notícia, 5 de agosto de 2010.