Belini Meurer

De Memória CVJ
Ir para navegação Ir para pesquisar
Belini Meurer
Belini Meurer.jpg
Foto: Wikipedia
Partido(s) PT
Legislaturas 16ª

Em Joinville, Belini Meurer, foi vereador da 16ª Legislatura pós-Era Vargas.

Vereador

Posse de Belini, em 5 de fevereiro de 2009
  • 16ª Legislatura (2009-2012): Disputando vaga à CVJ pelo PT em 2008, Belini conquistou a alta votação de 3.061 votos (1,09% dos votos válidos), mas ainda assim terminou na suplência. Convocado em fevereiro de 2009, ele assumiu a vaga deixada por Marquinho Fernandes, que assumia uma secretaria no executivo. Belini permaneceu no cargo até abril de 2012, quando o titular voltou ao legislativo municipal.[1]

Eleições Perdidas

  • 1988 - Suplente - PSB - 224 votos (0,15% dos votos válidos).[2]
  • 2012 - Suplente - PT - 1.254 votos (0,43% dos votos válidos).[2]
  • 2020 - Suplente - PDT - 446 votos (0,17% dos votos válidos).[2]

Outros Mandatos

Vice-Prefeito

Eleições Perdidas

2000 - Chapa de Carlito Merss - 2º mais votado - PT - 74.112 votos (32,26% dos votos válidos). O prefeito eleito foi Luiz Henrique da Silveira, 115.280 votos (50,19% dos votos válidos).[2]

Senador

53ª Legislatura (2007-2011): Tendo disputado em 2002 como 1º suplente na chapa de Ideli Salvatti, Belini foi convado por cerca de 3 meses para assumir o cargo em 2010.[3] Sua chapa fez 1.054.304 de votos (18,81% dos votos válidos), sendo a mais votada para o senado, em Santa Catarina.[2] Ideli tinha se licenciado para concorrer ao cargo de governadora de Santa Catarina.[4]

Informações Biográficas

A Violência em Construção, obra de Belini Meurer

Belini nasceu em 26 de novembro de 1959 e é natural de Criciúma/SC.[4]

Belini foi o fundador e primeiro presidente da Associação de Moradores do bairro.[5] Ele é professor e escritor, formado em Artes Cênicas pela Fundação Teatro Guaíra e em História pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE) – instituição onde lecionou a matéria de Filosofia e Sociologia do Direito. Possui mestrado em História e Doutorado em Sociologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Como escritor, Belini publicou as obras:

  • A Violência em Construção, 2003.
  • Clara, 2007.
  • Dobras, Franjas e Platôs, 2018.[4]
Vereadores da 16ª Legislatura
Adilson MarianoAilton Budal ArinsAlodir Alves CristoBelini MeurerDalila Rosa LealJaime EvaristoIrineu SgrottJames SchroederJoão RinaldiJoaquim Alves dos SantosJosé CardozoJosé Ademir NeghebornJuarez Nicasio PereiraJucélio Pasqual GirardiLauro KalfelsLéia Hostim RochaManoel Francisco BentoMarcos FernandesMaurício PeixerMoacir Batista NazárioOdir Nunes da SilvaOsmari FritzPatrício DestroRoberto BisoniSandro Daumiro da SilvaSidney SabelTania EberhardtZilnete Nunes




Pesquisador: Patrik Roger Pinheiro - Historiador | Registro Profissional 181/SC

Como Citar
Referência

PINHEIRO, Patrik Roger. Biografia de Belini Meurer. Memória CVJ, 2024. Disponível em: <https://memoria.camara.joinville.br/index.php?title=Belini_Meurer>. Acesso em: 22 de abril de 2024.

Citação com autor incluído no texto

PINHEIRO (2024)

Citação com autor não incluído no texto

(PINHEIRO, 2024)

Referências

  1. Marquinhos e Sidney Sabel de volta. Câmara de Vereadores de Joinville. Visitado em 22/03/2022
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 Sistema de Histórico de Eleições, do TRE-SC
  3. Perfil do Senador Belini Meurer. Senado Federal. Visitado em 13/01/2023
  4. 4,0 4,1 4,2 Memória Políticia de Santa Catarina. Visitado em 13/01/2023
  5. Informação disponível em arquivo na Câmara de Vereadores.