1893-1895 - 3ª Legislatura da Primeira República

De Memória CVJ
Ir para navegação Ir para pesquisar

A Legislatura de 1893 a 1895 foi a 3ª Legislatura da Primeira República.

Eleições

Em 22 de novembro de 1892 ocorreram as eleições municipais em Joinville,[1] sendo o mais votado o vereador Abdon Baptista, com 488 votos.[2] Segundo o decreto nº 16 da Assembleia Legislativa, cada eleitor votaria em mais de um candidato, na seguinte relação:

Quadro Geral
Nº de vereadores Nº de nomes para votar
7 5
9 6
11 7

Assim, sabemos que cada eleitor poderia votar em 6 nomes, já que nessa legislatura haveriam 9 edis.

Vereadores

Nomeados pelo Governo do Estado

Após a exoneração dos vereadores federalistas, o governo do estado, já em mãos legalistas, nomeou os seguintes vereadores para substituí-los:

Legislaturas da Primeira República
Precedida pela
2ª Legislatura da Primeira República
3ª Legislatura da Primeira República Sucedida pela
4ª Legislatura da Primeira República

Aconteceu Nessa Legislatura

O Início da Revolução Federalista e a Câmara de Joinville

O Telegrama de FLoriano Peixoto à Joinville.

No início de 1893 estourava no Rio Grande do Sul Revolução Federalista, que tinha como objetivo alcançar maior autonomia para os estados, em contraste com a centralização federal de poder. Tal revolução envolveria Santa Catarina e o Paraná em cenas sangrentas. A Ata de 13 de março de 1893 contém uma proposta do presidente da casa para uma moção de apoio à república, permitindo que Abdon Baptista telegrafasse uma mensagem ao presidente da Repúblico.[3] Floriano Peixoto respondeu com outro telegrama agradecendo o apoio de Joinville à defesa da República.




Pesquisador: Patrik Roger Pinheiro - Historiador | Registro Profissional 181/SC

Como Citar
Referência

PINHEIRO, Patrik Roger. Câmara de Joinville: 1893-1895 - 3ª Legislatura da Primeira República. Memória CVJ, 2024. Disponível em: <https://memoria.camara.joinville.br/index.php?title=1893-1895_-_3%C2%AA_Legislatura_da_Primeira_Rep%C3%BAblica>. Acesso em: 17 de julho de 2024.

Citação com autor incluído no texto

PINHEIRO (2024)

Citação com autor não incluído no texto

(PINHEIRO, 2024)

Notas

  1. Sinke abandonou seu cargo por, ainda em 1893, deixar de comparecer às sessões da Câmara. Schmalz ocupou seu lugar numa eleição à parte para esse fim.

Referências

  1. Apolinário Ternes; Herculano Vicenzi, H. Legislativo de Joinville - Subsídios para sua história. 2 Ed. Joinville: Editora Letra D'Água, 2006.
  2. Kolonie Zeitung, 22 de novembro de 1892.
  3. Ata da Sessão Ordinária de 13 de março de 1893, em guarda do Arquivo Histórico de Joinville.