Francisco Eberhardt

De Memória CVJ
Ir para navegação Ir para pesquisar
Francisco Eberhardt
Partido(s) UDN
Legislaturas
Assinatura Francisco eberhardt.png

Em Joinville, Francisco Eberhardt foi vereador da 1ª Legislatura pós-Era Vargas.

Escola Francisco Eberhardt

Vereador

Em 1947, Francisco Eberhardt obteve 522 votos pela UDN.[1] Com isso, ele ingressou na 1ª Legislatura (1947-1951),[2] sendo membro da Comissão de Redação e Leis. Em 1950, Francisco foi um dos co-autores do Projeto de lei 240/1950 que, conforme comentado no artigo da 1ª Legislatura, criou susbsídios fixos para Vereadores e causou problemas para a posse de alguns vereadores eleitos da 2ª Legislatura.

Candidato para uma Legislatura Dissolvida por Vargas

Antes de ser vereador em 1947, Francisco se candidatou a vereador (conselheiro) nas eleições marcadas para 5 de outubro de 1930, quando estava em curso o golpe getulista que culminaria por dissolver a Câmara quando findado o mandato anterior. [3]

Homenagens

Em 1984, quando a então Escola Municipal Desdobrada Prof. Antônio Ottersbach foi assumida pelo Estado, passou a ter o nome de Escola Básica Francisco Eberhardt.[4] Também há uma rua que leva o nome dele, em Pirabeiraba. A rua antes era chamada de Monte Castelo, e foi alterada para o atual nome em 1967, no governo do prefeito Nilson Bender.[5]

Informações Biográficas

Francisco Eberhardt nasceu em Joinville, em 1880. Morava em Pirabeiraba e atendia aos que necessitavam com remédios homeopáticos. Foi inspetor de quarteirão, delegado de polícia e conselheiro da Câmara na era Vargas. [6] Francisco fez parte da comissão designada para cuidar dos festejos do 75º aniversário de Joinville, em 1926. [7] Ele teve dois filhos que também foram vereadores: Afonso e [Arthur Eberhardt|Arthur]].[8]

Francisco Morreu em 1968.

Vereadores da 1ª Legislatura
Ademar GarciaAfonso JahnAlbano SchulzAlfredo PasoldAlfredo ZimermannAlois Kahlhofer FilhoDavid Ernesto de OliveiraEdgar KleinFernando Nunes de SantanaFrancisco EberhardtFrederico TrappGustavo SchosslandHenrique Meyer JúniorHenrique Schneider Jr.Levino DresselManuel A. da Luz FontesPlácido Olímpio da Nóbrega de OliveiraRodrigo Oliveira LoboRolf João Max ColinXaver Arp Drolshagen




Pesquisador: Patrik Roger Pinheiro - Historiador | Registro Profissional 181/SC

Como Citar
Referência

PINHEIRO, Patrik Roger. Biografia de Francisco Eberhardt. Memória CVJ, 2024. Disponível em: <https://memoria.camara.joinville.br/index.php?title=Francisco_Eberhardt>. Acesso em: 22 de abril de 2024.

Citação com autor incluído no texto

PINHEIRO (2024)

Citação com autor não incluído no texto

(PINHEIRO, 2024)

Referências

Projetos de Leis arquivados na Câmara de Vereadores.

  1. Jornal de Joinville. Resultado Final das Eleições em Joinville. Edição de 06 de dezembro de 1947.
  2. Jornal de Joinville. Resultado Final das Eleições em Joinville. Edição de 04 de dezembro de 1947.
  3. Correio do Povo, de Jaraguá do Sul. Os Candidatos do P.R.C. a futura succ. Municipal de Joinville. 6 de setembro de 1930. Site:http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=886440&pesq=%22Francisco%20Eberhardt%22&hf=memoria.bn.br&pagfis=2557. Visitado em 06/10/2021
  4. ClickRBS. Site:https://www.clicrbs.com.br/pdf/13621866.pdf. Visitado em 05/10/2021
  5. Lei Municipal nº 840, de 07 de fevereiro de 1967, disponível em http://leismunicipa.is/ghrik. Visitado em 06/10/2021
  6. ClickRBS. Site:https://www.clicrbs.com.br/pdf/13621866.pdf. Visitado em 05/10/2021
  7. Correio do Povo, de Jaraguá do Sul. 75 Anniversario de Joinville. Site:http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=886440&pesq=%22Francisco%20Eberhardt%22&hf=memoria.bn.br&pagfis=838. Visitado em 06/10/2021
  8. Informado ao pesquisador Patrik Roger Pinheiro por Marli K. Brüske, afilhada de Afonso Eberhardt.