Plácido Olímpio da Nóbrega de Oliveira

De Memória CVJ
Ir para navegação Ir para pesquisar
Plácido Olímpio da Nóbrega de Oliveira
Placido olimpio foto.jpg
Foto Alesc, Memórias Políticas de Santa Catarina.
Partido(s) UDN
Legislaturas

Em Joinville, Plácido Olímpio (ou Olympio) da Nóbrega de Oliveira foi vereador da 1ª Legislatura pós-Era Vargas.

Nomes das intituições de 1949, beneficiadas pelo Projeto de Plácido

Vereador

Em 1947, Plácido Olímpio de Oliveira obteve 286 votos pela UDN.[1] Com isso, ele ingressou na 1ª Legislatura (1947-1951),[2] sendo membro da comissão de Justiça e Finanças e Comissão de Redação e Leis. Plácido foi autor do projeto de Lei 156/1949, que instituía subvenções à Associações Beneficentes de Joinville e Civis e se tornou a Lei 151/1949. Com Henrique Schneider Júnior, Plácido também apresentou o projeto 112/1949 (Lei 111/1949), que auxiliava com 5 mil cruzeiros o América Futebol Clube para disputar o campeonato Catarinense. O América seria campeão estadual de 1948 (Os títulos de um ano eram disputados no ano posterior, por um tempo). Em 1950, Plácido foi um dos co-autores do Projeto de lei 240/1950 que, conforme comentado no artigo da 1ª Legislatura, criou susbsídios fixos para Vereadores e causou problemas para a posse de alguns vereadores eleitos da 2ª Legislatura.

Plácido mostrou-se um vereador muito ativo, seja por criar projetos ou seja por usar a tribuna, conforme se evidencia nas Atas da Câmara espalhadas em várias edições do Jorna A Notícia da Época.

Plácido com o Brigadeiro Eduardo Gomes, Irineu Bornhausen, Rolf Colin e João Colin[3]

[[Arquivo:Rolf joao colin e placido olimpio com bornhausen 3669.jpg|200px|miniaturadaimagem|Plácido com Irineu Bornhausen, Rolf Colin e João Colin[3]

Outros Mandatos

Prefeito

Durante o Governo Provisório da Era Vargas (1930-1934), Plácido foi nomeado prefeito da cidade, cargo que ocupou de 1930 até 1933.[4]

Deputado Estadual

Durante as eleições que ocorreram durante o governo constitucional da era Vargas, Plácido foi eleito deputado, com 35.583 votos, pelo Partido Liberal. Essa legislatura depois seria fechado com o início do Estado Novo.[5]

Deputado Federal

O Museu Nacional de Imigração e Colonização

39ª Legislatura (1951-1954): Pela UDN, Plácido foi eleito Deputado Federal por Santa Catarina, com 12.987 votos.[5] Ele foi o autor do Projeto de Lei 3055/1953, que criaria o Museu Nacional de Imigração e Colonização em Joinville. O Projeto foi aprovado e se transformou na lei 3188/57. Em junho de 1954 Plácido renunciou ao mandato de Deputado Federal para assumir o cargo de Diretor da Empresa Sul Brasileira de Eletricidade S/A.[6]

Eleições perdidas

  • 1945 - UDN - Suplente - 5.907 votos.[5]

Senador

Eleições perdidas

  • 1947 - UDN - Suplente - 62.568 votos.[5]

Homenagens

Escola Plácido Olímpio de Oliveira

Plácido empresta nome a uma escola em Joinville. Uma rua em Joinville leva o nome do ex-vereador, no Parque Versailles (Bairro Glória). [7]

Informações Biográficas

Plácido Olímpio nasceu em 5 de outubro de 1900, em Campo Alegre. A Família mantinha negócio no ramo do beneficiamento e comercialização da erva-mate. Como a mãe de Plácido morreu 8 dias depois do seu nascimento, ele foi criado pela família de Rodrigo Otávio Lobo. Plácido bacharelou-se em direito no Rio de Janeiro, em 1921 e foi promotor Público das Comarcas catarinenses de Mafra, São Francisco do Sul e Joinville (1923-1928). Foi casado com Teresa Paula Schlemm de Oliveira, filha de Alexandre Schlemm, que foi sócio do pai de Plácido.

Plácido liderou a Revolução de 1930 em Joinville e região e comandou a Secretaria de Estado do Interior e Justiça, de 19 de abril de 1932 a 29 de abril de 1935, integrou a Diretoria Central do Partido Liberal Catarinense (1933) e foi Inspetor de Ensino do Ministério da Educação e Cultura. Algumas vezes assumiu como Interventor Federal interino em Santa Catarina, pois era um dos suplentes do Interventor titular, Aristiliano Ramos. Além da atividade política, dedicou-se aos empreendimentos privados familiares, sendo Presidente da Empresa de Eletricidade de Alexandre Schlemm (de seu sogro) e Diretor da Empresa Sul Catarinense de Eletricidade (EMPRESUL).[5]

Em 1948 Plácido foi presidente da SAJ - Sociedade Amigos de Joinville.[8] Ele faleceu em 9 de junho de 1957, em Joinville/SC.[5] Na ocasião, o prefeito João Colin decretou luto oficial de três dias.[9]

Vereadores da 1ª Legislatura
Ademar GarciaAfonso JahnAlbano SchulzAlfredo PasoldAlfredo ZimermannAlois Kahlhofer FilhoDavid Ernesto de OliveiraEdgar KleinFernando Nunes de SantanaFrancisco EberhardtFrederico TrappGustavo SchosslandHenrique Meyer JúniorHenrique Schneider Jr.Levino DresselManuel A. da Luz FontesPlácido Olímpio da Nóbrega de OliveiraRodrigo Oliveira LoboRolf João Max ColinXaver Arp Drolshagen




Pesquisador: Patrik Roger Pinheiro - Historiador | Registro Profissional 181/SC

Como Citar
Referência

PINHEIRO, Patrik Roger. Biografia de Plácido Olímpio da Nóbrega de Oliveira. Memória CVJ, 2024. Disponível em: <https://memoria.camara.joinville.br/index.php?title=Pl%C3%A1cido_Ol%C3%ADmpio_da_N%C3%B3brega_de_Oliveira>. Acesso em: 29 de maio de 2024.

Citação com autor incluído no texto

PINHEIRO (2024)

Citação com autor não incluído no texto

(PINHEIRO, 2024)

Referências

Projetos de Leis arquivados na Câmara de Vereadores

  1. Jornal de Joinville. Resultado Final das Eleições em Joinville. Edição de 06 de dezembro de 1947.
  2. Jornal de Joinville. Resultado Final das Eleições em Joinville. Edição de 04 de dezembro de 1947.
  3. 3,0 3,1 Acervo do Arquivo Histórico de Joinville
  4. Wikipedia. Lista de prefeitos de Joinville. Site:https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_prefeitos_de_Joinville. Visitado em 08/10/2021
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 Memória Política de Santa Catarina. Plácido Olímpio de Oliveira. Site:http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/809-Placido_Olimpio_de_Oliveira. Visitado em 10/10/2021
  6. Plácido Olímpio. Câmara dos Deputados. Visitado em 27/06/2023
  7. Lei Municipal nº 1817, de 21 de setembro de 1891, disponível em http://leismunicipa.is/rgkjb. Visitado em 08/10/2021
  8. A Notícia. Sociedade Amigos de Joinville. Edição de 5 de março de 1950.
  9. Falecimento - Dr. Placido Olimpio de Oliveira. Jornal de Joinville, 17 de junho de 1957.